Categorias
Busca

A Irlanda se tornou um dos destinos mais desejados pelos intercâmbistas brasileiros. Além de ser um país encantador e com tradições únicas, conseguir um visto na Irlanda é bem mais fácil que em outros países. Por lá há vantagens de sobra que fazem do país o destino perfeito para muitos alunos de intercâmbio.

Quer dizer que eu não preciso solicitar um visto antes da Viagem?
Em 2015, a Irlanda implantou novas leis para regular a entrada de estudantes estrangeiros no país. O aluno que vai fazer um intercâmbio na Irlanda precisa de toda a documentação básica: passagem de volta, passaporte válido por no mínimo seis meses, seguro viagem, comprovação financeira para se manter durante a viagem, além de reserva em hotel/residência ou carta convite do local onde ficará durante a visita. Tá... mas e o visto?
Brasileiros podem viajar para a Irlanda por até 90 dias sem precisar requisitar o visto no Brasil. O visto é concedido no aeroporto, na Irlanda. De acordo com a lei de imigração em vigor, cidadãos brasileiros viajando para o país como turista, ou estudantes de intercâmbio, não necessitam de visto para entrar na Irlanda.

Mas como vou passar pela imigração sem visto?
Ao chegar no aeroporto é preciso passar por um guichê da imigração irlandesa. Neste guichê, um funcionário da Garda National Immigration Bureau (GNIB) vai fazer uma entrevista com o estudante. Na entrevista, ele vai confirmar seus documentos, perguntar quais são suas intenções no país e verificar as informações fornecidas.
Uma vez que o funcionário confirmou seus documentos, ele irá carimbar o seu passaporte com o visto adequado para a intenção da sua visita (turismo, estudo de curto prazo, trabalho, etc.) e neste visto constará a data limite que você tem para permanecer no país. Quem pretende passar até 90 dias no país não precisa de outra verificação.

E se eu ficar mais que 90 dias na Irlanda?
Com a documentação toda certinha, o oficial irá carimbar o seu passaporte com uma permissão temporária de estadia no país. Este será o período que o aluno terá para correr atrás de seu visto de estudo e/ou trabalho. Quando o estudante de intercâmbio chega no país com intenções de trabalhar, esse período pode variar entre 30 e 90 dias, sendo assim, quanto antes começar a se preocupar com o visto definitivo, melhor.

E qual visto eu tenho que solicitar para trabalhar e estudar na Irlanda?
Após a entrada no país, o estudante deverá solicitar o visto definitivo no escritório da imigração. É preciso agendar um horário online (sempre faça isso com antecedência!) e ir até o local para apresentar novamente todos os documentos que listamos acima.  Estudantes podem escolher entre dois tipos de visto, o Stamp 2 ou o Stamp 2A.

Qual a diferença entre o Stamp 2 e o Stamp 2A?
O Stamp 2 é um visto de permanência para alunos estrangeiros na Irlanda. O estudante pode trabalhar meio período durante as aulas e tempo integral nos períodos de férias: maio, junho, julho e agosto, e entre 15 de dezembro a 15 de janeiro, esse período de férias depende da escola. Estudantes com curso de inglês de até 6 meses receberão 8 meses de visto, podendo renovar por mais 2 vezes. Ou seja, o tempo máximo permitido para que o estudante fique no país estudando inglês será de 2 anos. Depois deste tempo é possível renovar com curso de graduação.
O Stamp 2A também é um visto para estudantes, as principais diferenças são que ele não permite que o estudante trabalhe, somente estude no país. E também não é um visto que pode ser renovado, a permanência máxima será de seis meses.

A Irlanda é um dos países mais receptivos e encatadores da Europa! A Skope tem programas de intercâmbio exclusivos pra você que quer estudar e trabalhar na Ilha Esmeralda, combinando educação, trabalho e cultura, você vai ter uma experiência unica e inesquecível.